Documentos para entrar na Europa

Muitas pessoas têm dúvidas sobre fazer a imigração e quais documentos são necessários para entrar na Europa como turista. Cada país pode ter uma exigência diferente, mas eu vou falar sobre os documentos gerais necessários que servem para todos os países da União Européia.

  • Visto

Para entrar em países da União Européia, não precisa de visto, o cidadão brasileiro pode ficar até 90 dias em solo europeu. São eles: Alemanha, Áustria, Bélgica, Bulgária, Chipre, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grã-Bretanha, Grécia, Holanda, Hungria, Irlanda, Itália, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Polônia, Portugal, República Tcheca, Romênia e Suécia. Croácia, Islândia, Noruega, Suíça e Rússia também não precisam de visto.

  • Passaporte

como-fazer-o-passaporte

Para entrar nos países que assinaram o Tratado de Schengen (Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Islândia, Itália, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega, Polônia, Portugal, República Tcheca, Suécia e Suíça) o seu passaporte deve ser válido por, pelo menos, três meses a partir da data de saída do país, exceto Irlanda e Reino Unido que não assinaram o acordo de Schengen, o passaporte deve ser válido por, pelo menos, seis meses a partir da data de saída do país.

Como não precisa de visto para entrar em países da UE o seu passaporte será o documento oficial em toda a sua viagem. Então, sempre ande com ele, e cuide como se fosse um filho, uma sugestão interessante, é você comprar uma doleira (uma espécie de pochete que gruda no corpo) e guardá-lo ali junto ao seu corpo. Têm pessoas que preferem andar com a cópia do passaporte e deixar o original no cofre do hotel, mas eu não me sinto segura fazendo isso, então prefiro carregar no meu corpo, nunca em bolsa, sacola, bolsos de trás, essas coisas.

  • Passagem aérea de volta

Documentos para entrar na Europa

Quando você se dirige ao oficial de imigração, umas das primeiras perguntas é sobre quanto tempo você vai ficar no país ou na Europa e quando você volta, então é muito importante que você tenha um documento que comprove quando você volta ao Brasil, como nem sempre a gente tem efetivamente a passagem de volta, o resumo de viagem que você recebe por email já vale, se nele constar o número do e-ticket, nomes dos passageiros e datas de ida e volta.

  • Reservas de hotéis/apartamentos e carta-convite

Documentos para entrar na Europa

Além de querer saber quanto tempo você vai ficar na Europa, eles também querem saber onde você vai ficar no período da sua viagem, e para comprovar sua estadia você precisa entregar o recibo das reservas que você fez, seja do Booking, Decolar, Hoteis.com, Airbnb ou qualquer outro site de reservas.

Quanto à carta-convite, ela é necessária quando você vai se hospedar na casa de um amigo ou familiar que têm uma moradia legalizada no país de seu destino, precisa ser escrita na língua do país pelo seu anfitrião. Se houver necessidade de registrar à carta, isso deve ser feito no país de residência do amigo ou familiar junto à polícia ou órgão de imigração. É interessante ter a cópia do passaporte ou algum documento de identidade do seu amigo ou familiar anexada à carta-convite.

Viajar para Europa é super possível, então encontre ofertas especiais para você.



Booking.com

  • Meios econômicos (dinheiro, traveler cheque, cartão pré-pago e cartão de crédito)

Resultado de imagem para euro

Sim, o oficial poderá perguntar quanto você está levando de dinheiro para o tempo que ficará no país. Cada país exige uma quantia que você deve ter para gastar por dia e por pessoa, mas esse dinheiro não precisa ser todo em espécie, cartões de créditos, traveler cheque, cartão pré-pago também são válidos como comprovação de meios econômicos. Das vezes que viajei para Europa com meus pais não precisamos mostrar o dinheiro, mas o cartão de crédito sim. Na Espanha você precisa mostrar, caso o fiscal peça, saldo da conta corrente do cartão ou algum comprovante que comprove que você tem saldo no cartão.

É sempre de extrema importância que você procure as regras oficiais de entrada do país europeu que pretende ir, informação nunca é demais. Então, coloquei no final desse post o site do Itamaraty para vocês pesquisarem todas as regras de entrada e principalmente sobre as quantias necessárias.

  • Seguro viagem

Documentos para entrar na Europa

Os 27 países europeus que integram o Tratado de Schengen exigem que o turista tenha um seguro-viagem com cobertura mínima de 30 mil euros. São eles: Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Itália, Irlanda, Islândia, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega, Polônia, Portugal, Reino Unido, República Tcheca, Romênia, Suécia e Suíça.

Há várias seguradoras que fazem seguro viagem, mas vale a pena você dar uma olhada se seu cartão de crédito oferece seguro, pois muitos bancos oferecem seguro viagem de graça para quem compra passagens com seu cartões.

– A Carta de Schengen você recebe junto com o seguro viagem, e na mesma consta a confirmação de que você está coberto com o seguro pelo período que estiver viajando. É ela que você apresentará para o oficial de imigração caso ele peça.

Com o Real Seguro Viagens você pode compara os preços de diversas seguradoras

Seguro viagem europa 300x600

  • Passagem de trem ou ônibus

Resultado de imagem para deutsche bahn

Passagens de trem ou ônibus não são exigidas na imigração, mas eu sou daquelas pessoas que precisa estar munida de tudo, para mim, quanto mais documento melhor, e também é uma forma a mais de comprovar que você realmente está indo fazer turismo. Então, caso compre sua passagem de trem ou ônibus antes de viajar, imprima e a leve junto com os outros documentos exigidos, assim se precisar, mostre-a!!

Dicas importantes

-Leve todos os documentos numa pasta em ordem para não se atrapalhar, e deixe esses documentos na pasta mesmo depois de utilizados, pois quando você for pegar trem ou ônibus, pode ser que apareça um policial e faça perguntas, nunca se sabe, então esteja sempre precavido.

-Países que fazem parte do acordo de Schengen têm suas fronteiras livres, ou seja, você só faz imigração uma vez quando o seu voo sai do Brasil para algum desses países em azul. Por exemplo, você acabou de chegar em Madrid, fez a imigração e depois de uns dias vai para Lisboa, você não precisará fazer imigração novamente pois é considerado voo doméstico, então não terá carimbos no passaporte nem nada. E se você chegar em Madrid como conexão e seu destino final for Lisboa, você fará a imigração em Madrid e se deslocará para Lisboa como voo doméstico também. Mas, nada disso impede que quando você estiver em algum aeroporto que tem livre fronteira, um oficial peça para ver seus documentos ou faça algumas perguntas, por isso esteja sempre preparado.

Resultado de imagem para acordo de schengen

-Quando você for fazer a imigração esteja calmo, espere o fiscal falar com você e responda apenas o que ele perguntar, às vezes, eles não pedem comprovação de nada apenas dá o carimbo no passaporte e tchau. Se você está indo realmente a turismo não tem motivos para se preocupar, estando com todos os documentos exigidos é muito difícil você ser barrado. Muitos brasileiros são deportados porque não têm carta-convite oficial e não conseguem comprovar seus meios econômicos para se manter durante a viagem, por isso é importante você estar atento a todas as regras.

Informações oficiais de entrada nos países europeus

Informações de entrada na Alemanha

Informações de entrada na Espanha

Informações de entrada na França

Informações de entrada na Itália

Informações de entrada em Portugal

Para informações oficiais de entrada em outros países, acesse o www.portalconsular.itamaraty.gov.br, busque o país e clique na aba “Entrada” que lá conterá todas informações oficiais que você precisa.

Me segue no Instagram ↓ e fique por dentro das cidades que já visitei!

[instalink width=”100%” height=”200px” image_size=”small” bg_color=”#285989″]

 

0

Comments

  1. […] Aqui eu falo mais sobre os documentos exigidos para entrar na Europa […]

    0

  2. Sergio Duarte says:

    Desejo mais informações sobre viagens

    0

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *